10 Coisas que Aprendi Sobre a Introdução Alimentar

Imagem daqui

A introdução alimentar é um período que gera muitas dúvidas e perguntas, principalmente nos pais de primeira viagem. Como eu sempre me interessei pelo desenvolvimento dos bebês, a introdução alimentar foi um dos temas que eu aprofundei um pouquinho quando descobri o maravilhoso mundo da maternidade e decidi me tornar Doula. Com a experiência de acompanhar diversos casais e o contato que tive através da internet com mulheres de todo o Brasil, fui tirando lições que considero valiosas para o momento da introdução alimentar. E hoje, resolvi trazer alguns desses meus aprendizados aqui para vocês.
Espero que gostem!

O Poder de Um VBAC - Por Alê Ferreira


No dia 19/10/2011, quando o dr Ciro Borges queria fazer a cesárea da minha primeira filha, Ana Luísa, eu sabia que ela era desnecessária.

Eu, desde que engravidei queria um parto normal, mas nunca, nem nos mais remotos sonhos, eu poderia imaginar a crueldade e a manipulação do nosso sistema cesarista. Por puro instinto, eu convenci o médico a aguardar mais um tempo e deixar para fazer a cesárea no domingo, dia 23. Tinha a esperança de até lá conseguir entrar em trabalho de parto e ele ter que fazer o meu parto. Há 3 anos atrás...e eu vejo como eu era ingênua. 

Relato de Parto Humanizado de Priscila Carolina - O Nascimento de Aislan

O momento mais sublime de uma mulher: ser mãe!

Desde o começo de minha gravidez, eu e meu marido Ronald Calazans (meu super companheiro que eu amo muito) procuramos saber o que era melhor para nosso neném, descobrimos então a partir da Doula Adèle Valarini Doula (a quem agradeço a paciência depois de inúmeras perguntas rsrs) a Casa de Parto de São Sebastião... desde então estava fixado já o plano de ter nosso filho lá.

Até então tudo estava indo bem... Quando eu estava com 7 meses meu médico começou a me dizer que eu havia engordado muito, e que o neném estava muito grande. Quando completei 8 meses, perguntei o que ele achava do parto normal humanizado, ele foi super irônico me perguntando 'o que eu sabia sobre parto normal humanizado', expliquei e depois disso ele disse que eu NÃO teria passagem, que se eu tentasse o parto normal o neném iria entalar... Que ele aconselhava uma cesárea... saí do consultório apavorada, claro, eu não queria matar meu filho! chorei muito... mas eu e meu marido fomos mais uma vez pesquisar a respeito e ficamos tranquilos... e já tínhamos assistido ao documentário O Renascimento do Parto, que nos tirou várias dúvidas, então deixamos pra lá o que o médico disse!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ATENÇÃO!

ATENÇÃO!